Freguesia de Vermoil

Encontro vicarial com o Bispo D. António Marto em Espite

encontro vicarial espiteNo passado dia 20 de março, o Sr. Bispo, António Marto, esteve presente na nossa Vigararia. O encontro decorreu no salão paroquial de Espite. Com esta atividade procurou-se marcar o ano da Fé, recordar os 50 anos do Concílio Vaticano II e fazer uma breve avaliação do Projeto Pastoral que orientou a diocese de 2005 a 2012.

Depois do cântico inicial, o Hino do Sínodo Diocesano, foi apresentado um pequeno filme sobre o Concílio Vaticano II. Neste filme foi apresentado um pouco da história do Concílio falando desta instituição da Igreja. Este foi o 21º Concílio Ecuménico.

Como mote para a intervenção do Sr. Bispo foi lido um texto bíblico (Act 15, 22-33) que apresenta as conclusões do primeiro Concílio da Igreja, em Jerusalém.

O Sr. Bispo apresentou uma meditação falando dos problemas que vivia a Igreja nascente e como se procurou uma solução no encontro dos Apóstolos, na escuta da Palavra de Deus e no assentimento às luzes do Espírito Santo. O problema central estava na necessidade ou não de os pagãos convertidos a Cristo passarem pelo Judaísmo, cumprirem os ritos judaicos. Paulo e Barnabé contaram as maravilhas da graça que Deus realizou no Mundo Helénico, sem estes ritos. Pedro falou da sua visão sobre a descida do Espírito Santo sobre todos. Tiago (bispo de Jerusalém) foi buscar a Palavra dos profetas sobre a universalidade da salvação. Concluíram que não seriam necessários os ritos de adesão ao Judaísmo e apresentaram algumas normas para não escandalizar os outros. Recomendavam que não vivessem na imoralidade (problemas com o incesto). Por trás deste acontecimento estão coisas muito importantes. Os Apóstolos dizem: Pareceu-nos a nós e ao Espírito Santo. O Espírito e a Palavra de Deus são fundamentais. Todo o Concílio parte dos problemas concretos da Igreja e da sua missão no mundo. À Luz do Espírito Santo e da Palavra de Deus os problemas são escutados e procura-se perceber o que Deus diz para aquele momento concreto. Todo o Concílio é um ir às fontes. Ir ao tesouro da Fé. Não se trata de criar uma fé ou uma Igreja nova.

Nesta linha insere-se o Vaticano II. Era um mundo novo que nascia. Evangelização para um mundo novo que conhece agora uma nova fase.

Algumas notas de atualização:

A Missa era celebrada em Latim e as pessoas que assistiam rezavam o terço. O Vaticano II abre as portas à celebração em cada língua nacional. As pessoas deixam de assistir e passam a poder participar. Deixamos de ser uma assembleia que assiste para ser uma assembleia que participa, que vive.

A Bíblia estava apenas escrita em Latim. O Povo não lia. Não se dava o devido valor à Palavra de Deus. Abrem-se novas oportunidades para a leitura e estudo da Sagrada Escritura. O Povo de Deus é desafiado a um conhecimento maior da Palavra de Deus. Por isso temos aí o Retiro Popular.

Passa-se da visão da Igreja como estrutura hierárquica para uma visão de comunhão de um Povo. Todos somos Igreja. A dignidade fundamental do cristão é ser filho de Deus. O dia mais importante da sua vida será sempre o dia do Batismo, mesmo para um Papa.

A fé é para ser vivida no mundo, onde se trabalha e vive. Não pode ficar fechada nas igrejas.

O Pe. Adelino Guarda, diretor do Colégio de S. Miguel, em Fátima. Fez uma breve apresentação sobre “A graça e as graças do Concílio para a renovação da Fé e da Igreja.” Convidou todos os presentes a conhecerem mais os documentos do Concílio Vaticano II, a lê-los para que possam tornar-se vida na Igreja. Os documentos fundamentais abordam as várias dimensões da Igreja no que é, no que celebra, na sua relação com o mundo e na receção à Palavra de Deus. Estes documentos estão disponíveis em www.vatican.va.

A Vigararia apresentou um breve filme sobre a caminhada vicarial e das paróquias preparado e apresentado pelo Pedro Mota e pelo Pe João Feliciano das Colmeias.

No tempo de diálogo o Sr. Bispo aproveitou para colocar algumas perguntas sobre a avaliação da caminhada do Projeto Pastoral.

Depois de ser cantado o hino para o ano da Fé “Credo Domine”, o encontro terminou com um convívio preparado pela paróquia de Espite.

 

Texto: Pe. Orlandino

Fotos Isabel Mota

Comentários:

transportes publicos

vermoil historia

 

necrolog

 

nucleo museologico

canal youtube

junta-te a leitura

galeria fotos jfv

jobs

Entrada | Noticias | Encontro vicarial com o Bispo D. António Marto em Espite