Freguesia de Vermoil

8º ano da catequese celebrou a Festa da Vida

No passado dia 17 de maio, celebrámos a Festa da Vida, celebração respeitante ao 8.º ano de catequese, na Capela da Ranha de São João. Juntámo-nos, as Paróquias de Vermoil e Meirinhas, e lá estivemos com atividades que tiveram o seu início pelas 16h00 e terminaram com a Eucaristia às 20h00. Encarregou-se o Padre Orlandino de mobilizar todos os catequistas e de fazer sair uma tarde ativa, composta por seis postos de trabalhos, distribuídos aos vários catequistas e Pároco, com os seguintes temas: Diálogo (João, Meirinhas); A Criação / Natureza (Rosa, Ranha); Acolher o Diferente (Odetina, Matos da Ranha); Jesus o salvador do Mundo (Isabel, Vermoil); O tempo de Jesus (Padre Orlandino); e A vida como um Dom (Neide, Meirinhas).

 

Foi muito divertido! Logo à chegada formaram-se seis grupos, compostos por cerca de sete elementos cada um, misturados entre si pelos vários centros de catequese; houve tempo para lanchar e brincar, para trabalhar em plenário cada tema, e no final a Eucaristia, onde cada um levou consigo o símbolo da celebração que festejávamos: uma cruz.

 

É nela que a nossa vida faz completo sentido, numa unidade a Deus e aos nossos irmãos em comunidade, numa partilha de experiências, ensinamentos, valores, emoções…tudo o que nos pode e deve tornar pessoas melhores, jovens mais capacitados para, mutuamente, nos realizarmos como pessoas e de forma plena.

  

Senhor, quero uma vida verdadeiramente bela.

Começarei cada dia com uma oração de louvor pelo dom da vida.

Senhor, quero uma vida verdadeiramente boa.

Que as minhas atitudes de bondade, sejam um sinal do vosso amor.

Senhor, quero uma vida verdadeiramente digna.

Evitarei o que me impeça de viver conforme a dignidade de cristão.

Senhor, quero uma vida verdadeiramente livre.

Jamais me deixarei escravizar pelo egoísmo que mata a amizade.

Senhor, quero uma vida verdadeiramente alegre.

Mesmo nos dias mais tristes, sentirei a carícia do vosso amor.

Senhor, quero uma vida verdadeiramente santa.

Deixar-me-ei guiar pelo Espirito, que me conduz à vida em abundância.

 

A catequista, Isabel Mota

 

Comentários:

transportes publicos

vermoil historia

 

necrolog

 

nucleo museologico

canal youtube

junta-te a leitura

galeria fotos jfv

jobs

Entrada | Noticias | 8º ano da catequese celebrou a Festa da Vida